Mappit Fique ligado

Habilidade política: como a competência comportamental te leva ao sucesso

0

Você já parou para se perguntar porque alguns profissionais parecem progredir mais rapidamente na carreira mesmo não sendo tão qualificados tecnicamente quanto outros? Isso pode acontecer porque existem pessoas com maior habilidade política do que outras. De acordo com um estudo global feito por Klaus J. Templer, professor associado de Psicologia Organizacional da Singapure University of Social Sciences, pessoas que usam a habilidade política são vistas como melhores funcionários. No entanto, essa característica pode ser desenvolvida e aprendida.

No ambiente corporativo os profissionais são avaliados constantemente e parte dessa avaliação está relacionada às competências comportamentais, principalmente quando os gestores analisam uma promoção. As competências comportamentais, ou soft skills, como são chamadas, também refletem na reputação do profissional e no legado que ele deixa para a empresa. É comum que, diante da escolha de um profissional para uma promoção, os líderes reflitam sobre as habilidades políticas dessa pessoa, ou seja, a capacidade de gerenciar conflitos, sair-se bem em reuniões com a gerência, comunicar-se habilidosamente com clientes, entre outros aspectos que nada tem a ver com as competências técnicas.

Político vs puxa-saco

Fato é que não somos treinados para sermos políticos no trabalho e a característica, muitas vezes, é vista como negativa, como se a politicagem tivesse apenas o viés interesseiro e/ou desonesto. Por este motivo é importante entender que existe uma linha tênue entre o bom relacionamento no trabalho e a falsidade ou ”puxa-saquismo”.

Desenvolvendo a habilidade

Para desenvolver essa habilidade política são necessários muita observação, capacidade de leitura do ambiente e bom senso. Observar como se constroem as relações dentro da empresa, ouvir os colegas, gestores e todos da empresa e saber em que discussões entrar são sinais que devem ser levados em consideração para alcançar uma boa habilidade política.

Mantenha o bom relacionamento

Como convivemos com muitos perfis diferentes no ambiente de trabalho, é importante manter um relacionamento cordial e amistoso com os colegas, o que nem sempre é fácil. No entanto, este comportamento é essencial para que o profissional não seja visto como alguém que sempre cria problemas ou se mostra constantemente insatisfeito e pouco cooperativo com as decisões. Essa inteligência emocional para saber lidar com diferentes tipos de pessoas e diferentes situações é fundamental para a carreira.

Meritocracia

Quando um profissional é premiado no trabalho com base em habilidades comportamentais, como a habilidade política, muitas pessoas não compreendem e questionam-se sobre isso ser um mérito, porém, estes aspectos comportamentais também fazem parte da meritocracia. Leve isso em consideração na próxima vez que testemunhar uma atitude política de um colega de trabalho e observe como você também pode chegar lá.

Siga a Mappit no Facebook e no Linkedin e fique de olho em conteúdos cheio de dicas para você se dar bem em um processo seletivo e no mercado de trabalho.